Torcedor do Palmeiras, Hulk diz que quer voltar a jogar no Brasil no futuro

Hulk foi atuar no exterior aos 18 anos. Fez apenas dois jogos pelo Vitória e, em 2005, partiu para atuar no Kawasaki Frontale, do Japão. Com pouco tempo mostrando o seu futebol no país de origem, o atacante não esconde a vontade de voltar a jogar novamente no Brasil. Quem sabe um dia no Palmeiras, o clube do coração.

– Meu carinho pelo Palmeiras é desde criança. Nessa parte, digo que eu era o rebelde da família. Todo mundo corintiano e eu não. Sempre falei que pretendo voltar, tenho vontade de jogar um Campeonato Brasileiro. Agora não sei quando. Estou novo ainda – comentou Hulk, de 31 anos.

Do Kawasaki Frontale, o atacante foi emprestado para o Consadole Sapporo e depois vestiu a camisa do Tokyo Verdy, também no futebol japonês, onde chamou a atenção do Porto em 2008 – jogou no clube português até 2012. Após isso, partiu para o Zenit, da Rússia, permanecendo por quatro temporadas.

No ano passado, Hulk acertou com o Shanghai SIPG, e se tornou a contratação mais cara da história da China: 55 milhões de euros, cerca de R$ 207 milhões. O vínculo vai até 2020.

Em entrevista recente, o camisa 10 revelou estar totalmente adaptado ao país e espera, inclusive, que isto seja um trunfo para voltar à seleção brasileira. Ele está pensando na Copa do Mundo da Rússia no ano que vem.

– Estou feliz lá. Minha família está muito feliz na China e isso está ajudando na minha permanência – afirmou.

Globo Esporte

Relacionados