Com duas crianças, família potiguar vai contornar o Brasil em Kombi

Uma família de Natal decidiu começar o ano de maneira diferente: eles adaptaram uma Kombi e nela pretendem morar e contornar o Brasil ao longo de 2018. Composta por dois adultos e duas crianças, a família inicia a viagem na tarde desta segunda-feira (1°), saindo de um posto de combustíveis da Zona Norte da capital potiguar.

De acordo com o pai, Carlos Silva de 42 anos, a ideia inusitada surgiu em agosto de 2016, quando a família viajou em um carro para a Bahia. Lá, eles conheceram vários grupos de pessoas que moram em veículos e viajam neles por várias partes do mundo. “Aí a gente gostou do estilo de vida deles e começamos a desenvolver nossa própria aventura”, diz Carlos.

O primeiro passo foi adquirir o veículo, no caso, uma Kombi 2005, que foi comprada há cinco meses e nomeada de Valentina. Depois, a família começou o processo de adaptação do veículo. “Vendemos os bancos traseiros e no local colocamos pia, cama, fogão e demais equipamentos de uma casa. Tem até banheiro”, disse ele.

A aventura da família ganhou o nome de “Meu quintal é o mundo”, que é um projeto em que eles mostram através de vídeos e fotos em redes sociais os preparativos para o novo estilo de vida. Além disso, eles pretendem fazer postagens diárias mostrando as experiências nos lugares pelos quais passarem.

Para poder investir no projeto, a família precisou vender uma farmácia que tinha há 11 anos e transferir a administração de uma loja de bijuterias. “Foi difícil, mas para poder seguir com o nosso sonho tivemos que tomar essas decisões”, disse a mãe, Fernanda Belo, de 29 anos. Para ajudar nos custos da viagem, a família pretende produzir doces para vender nos locais em que pararem.

A família tem duas crianças, Guilherme Belo, de seis anos, e Clara Belo, de dois. Ambos estão bastante empolgados com a viagem. “Quero conhecer pessoas novas e lugares bonitos”, disse o menino, que vai estudar através do homeschooling, uma forma de ensino em que o aluno aprende em seu lar. Nesse caso, Carlos e Fernanda serão seus professores.

Roteiro

“Nós não temos destino certo nem tempo determinado nos lugares em que vamos parar”, diz Carlos. Mas, o objetivo é começar pelo Nordeste, descer ao Sul, conhecer alguns países que fazem fronteira com o Brasil, como Uruguai e Argentina e voltar pela região Norte brasileira.

Ao longo do caminho, a família vai procurar dormir em locais como postos de combustíveis, mas sempre dentro de Valentina. “Ela é o quinto membro da família, onde a gente estiver ela também estará”, conclui Carlos.

Relacionados