Viúva de pastor paraibano morto em desabamento de prédio no Rio também morre no Hospital

277

Adilma Rodrigues, esposa do pastor paraibano Cláudio José de Oliveira Rodrigues, faleceu em um hospital do Rio de Janeiro, onde estava internada desde a queda de dois prédios na Muzema. A família de Adilma, que tinha 35 anos de idade, confirmou a informação sobre sua morte nesta segunda-feira (22), um dia depois do fim das buscas por vítimas.

Adilma estava internada no CTI do Hospital Lourenço Jorge, foi transferida para um hospital particular na última quinta-feira e morreu no início da manhã desta segunda-feira.

Dois feridos ainda permanecem internados: Paloma Paes Leme, de 44 anos, e seu filho caçula, Rafael, de quatro. Com a morte de Adilma, o número de vítimas fatais do desabamento dos prédios subiu para 24.

Adilma era casada com o pastor Cláudio Rodrigues – primeira vítima fatal do desabamento, ele foi enterrado no último dia 14 – e mãe de Clara, de 10 anos, agora órfã.

Cláudio Rodrigues tinha 40 anos, era pastor, vice-presidente de associação de moradores da Muzema. Ele era natural de Serra Branca, no Agreste da Paraíba.